Indústria de embalagem em Varginha tem alta de mais de 50% em maio

Indústria de embalagem em Varginha tem alta de mais de 50% em maio

Embora a confiança do empresário da indústria tenha caído 0,7 ponto de abril para maio, como revelou o último Índice de Confiança da Indústria, calculado pela FGV (Fundação Getulio Vargas), o setor plástico está confiante, diante dos resultados positivos. A empresa Maximu’s Embalagens Especiais, por exemplo, que possui filial em Varginha (MG), registrou alta de 54,36% no faturamento no mês passado, na comparação com o mesmo período de 2018. Quando comparado os meses de abril e maio deste ano, o crescimento foi de 7,13%.

A empresa é especializada no desenvolvimento de embalagens para proteção, acolchoamento e movimentação de variados produtos, atuando em segmentos como automotivo, hospitalar e eletrônico.

Além da presença em Varginha, a Maximu’s Embalagens Especiais tem sua sede na cidade de Ribeirão Pires, na Grande São Paulo. Lá, o balanço também foi positivo: alta de 34,18% no faturamento no mês passado, na comparação com o mesmo período de 2018 e, quando comparado os meses de abril e maio deste ano, o crescimento foi de 13%.

Juntas, as duas empresas registraram elevação de 36,78% de maio de 2018 a maio de 2019. No último bimestre, o aumento foi de 12,65%.

Impacto positivo

O diretor da Maximu’s Embalagens Especiais, Marcio Grazino, atribui parte do resultado positivo ao bom desempenho do setor automotivo, que tem um peso de 50% de vendas e faturamento da empresa. Balanço da Anfavea (Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores) mostra que a produção de veículos teve alta de 29,9% em maio, em comparação com o mesmo mês de 2018.  “A indústria automotiva, que é um dos segmentos que atendemos, tem crescido e isso reflete em outros setores. O cenário econômico vem melhorando, o desemprego vem recuando e os reflexos positivos vão se expandindo”, fala.

Outro ponto lembrado por Grazino para o crescimento da Maximus é o investimento feito pela empresa para atender a demanda. “Não nos deixamos abalar pela crise e investimos pesado na ampliação da fábrica, na compra de maquinário e na contratação de mão-de-obra, para oferecer produtos com cada vez mais qualidade aos nossos clientes e ter mais diferenciais para atrair novos parceiros.”

Sobre a Maximu’s Embalagens Especiais:

A Maximu’s Embalagens Especiais, presente no mercado desde 2003, é especializada no desenvolvimento de embalagens para proteção, acolchoamento e movimentação de variados produtos, com foco em diversos segmentos, como os setores automotivo, hospitalar e eletrônico.

A sede da empresa fica localizada na cidade de Ribeirão Pires, na Grande São Paulo e possui filial no município de Varginha, em Minas Gerais.

Embora a confiança do empresário da indústria tenha caído 0,7 ponto de abril para maio, como revelou o último Índice de Confiança da Indústria, calculado pela FGV (Fundação Getulio Vargas), o setor plástico está confiante, diante dos resultados positivos. A empresa Maximu’s Embalagens Especiais, por exemplo, que possui filial em Varginha (MG), registrou alta de 54,36% no faturamento no mês passado, na comparação com o mesmo período de 2018. Quando comparado os meses de abril e maio deste ano, o crescimento foi de 7,13%.

A empresa é especializada no desenvolvimento de embalagens para proteção, acolchoamento e movimentação de variados produtos, atuando em segmentos como automotivo, hospitalar e eletrônico.

Além da presença em Varginha, a Maximu’s Embalagens Especiais tem sua sede na cidade de Ribeirão Pires, na Grande São Paulo. Lá, o balanço também foi positivo: alta de 34,18% no faturamento no mês passado, na comparação com o mesmo período de 2018 e, quando comparado os meses de abril e maio deste ano, o crescimento foi de 13%.

Juntas, as duas empresas registraram elevação de 36,78% de maio de 2018 a maio de 2019. No último bimestre, o aumento foi de 12,65%.

Impacto positivo

O diretor da Maximu’s Embalagens Especiais, Marcio Grazino, atribui parte do resultado positivo ao bom desempenho do setor automotivo, que tem um peso de 50% de vendas e faturamento da empresa. Balanço da Anfavea (Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores) mostra que a produção de veículos teve alta de 29,9% em maio, em comparação com o mesmo mês de 2018.  “A indústria automotiva, que é um dos segmentos que atendemos, tem crescido e isso reflete em outros setores. O cenário econômico vem melhorando, o desemprego vem recuando e os reflexos positivos vão se expandindo”, fala.

Outro ponto lembrado por Grazino para o crescimento da Maximus é o investimento feito pela empresa para atender a demanda. “Não nos deixamos abalar pela crise e investimos pesado na ampliação da fábrica, na compra de maquinário e na contratação de mão-de-obra, para oferecer produtos com cada vez mais qualidade aos nossos clientes e ter mais diferenciais para atrair novos parceiros.”

Sobre a Maximu’s Embalagens Especiais:

A Maximu’s Embalagens Especiais, presente no mercado desde 2003, é especializada no desenvolvimento de embalagens para proteção, acolchoamento e movimentação de variados produtos, com foco em diversos segmentos, como os setores automotivo, hospitalar e eletrônico.

A sede da empresa fica localizada na cidade de Ribeirão Pires, na Grande São Paulo e possui filial no município de Varginha, em Minas Gerais.

Maximus